O lugar de encontro de quem cultiva o Bem, o Bom e o Belo

Divulgação Consciente

Depois de ler um pouquinho aqui e acolá sobre Física Quântica, desconfio (como diria meu tio amado e sábio, Célio Delavy), que quando entramos em determinada sintonia, tudo aquilo que está vibrando na mesma frequência chega até nós sem esforço. Só precisamos ter olhos abertos para ver, para que aquele sinal que esperamos não passe despercebido. E foi assim que esse vídeo chegou até mim por mãos amadas, bem na hora em que eu escolhia o tema para esse primeiro post da categoria Autoconhecimento – Reflexões sobre Ser. Muito apropriado, refletir sobre as informações que circulam no mundo, e de quebra, refletir a que veio o próprio PorTAO.

Então, por que gostei tanto deste vídeo para compartilhar? O que a Divulgacion Consciente tem a ver com o PorTAO? É mais ou menos como se tivessem o mesmo DNA. Fazem parte da rede que pretende disseminar o que é positivo e promover uma outra forma de viver, mais sustentável, mais saudável, mais colaborativa, mais próspera, mais feliz. Por aqui, desejamos reunir e disseminar ações, práticas, informações, lugares, e tudo o mais que contribuir positivamente para nossa evolução. No Divulgacion Consciente, me parece que buscam divulgar coisas boas que estão acontecendo no mundo, e as quais normalmente não temos acesso. E porque não temos acesso? Ah, essa não é a pergunta mais importante. Ela é polêmica, o que pode nos levar a sentimentos não muito agradáveis e  as vezes até embotar a mente, exatamente o oposto do que buscamos. Uma boa pergunta poderia ser simplesmente: como acessamos?

Lembra da frequência que desconfio ter me trazido o vídeo do Divulgacion Consciente? Aquela de que falei no início do post? Então! A Física Quântica nos aponta que nossos pensamentos e sentimentos, vibram, assim como nossa padrões de energiamatéria, pois tudo é energia. Nos mostra também que somos feito antenas de rádio. Vamos captar aquilo que estiver ‘tocando’ na frequência em que estamos sintonizados. E qual é nossa sintonia pessoal? É a frequência que estamos emitindo com nosso ser,  mais especificamente, com nossas mentes (pensamentos e emoções), porque não estamos 100% ainda conectados com nossa essência espiritual. Nesse planeta escola, parece que estamos aprendendo a alinhar nossa mente com nosso coração. E ocorre que muitos de nós ainda não conseguimos sustentar esse alinhamento.  Então, é comum nossa frequência oscilar ou mesmo cair (mudarmos de estação). Neste momento de aprendizado evolutivo, acredito que precisamos de um ambiente favorável, que nos mantenha sintonizado onde ‘a música é de qualidade’. Quanto mais nos expomos a frequências de baixa vibração mais somos influenciados por elas. Da mesma forma o inverso, pois somos um emaranhado interdependente. Que maravilha poder contar com a proposta positivas que nos ajuda a acessar e nos manter em vibrações altas!

frequência

Quando vibramos em altas frequências nossos pensamentos, emoções e ações ficam mais fluidos. Tendem a acontecer com mais clareza, naturalmente e sem esforço (sem chiados ou interferências). Uma transmissão límpida e clara! Sintonizada com que há de melhor para nós e para nosso entorno.

Comentários

Deixe seu comentário

XHTML: Você pode usar uma dessas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

18 janeiro 2017
Caminhos
Sabedoria
Atitudes
Autoconhecimento
flor de lotus